PERFIL CORPORAL DE ESCOLARES FEMININAS: uma perspectiva dos influencer’s cotidianos

Jean Cesar Andrade de Souza, Caciane Dallemole Souza, Arthur Tromboni Francischete, Amanda Cunha dos Santos, Valter dos Santos Júnior

Resumo


Contextualização: A fixação da humanidade pelo corpo humano e seus componentes transformaram o nosso autoconhecimento, nos impulsionando ao desenvolvimento físico, social, cognitivo e afetivo. Objetivo:  avaliar a composição corporal de escolares do sexo feminino, a fim de detectar estados de sobrepeso, obesidade e desnutrição, observando as características de cada fração da população pesquisada, com intuito de identificar fatores que influenciariam na composição corporal. Método: Participaram, 476 escolares, do sexo feminino de instituições públicas do Município de Votuporanga /SP, de 7 à 10 anos. Esta pesquisa foi aprovada pelo comitê de Ética do Centro Universitário de Votuporanga/UNIFEV (parecer nº2.684.550) e pela Secretaria Municipal de Educação de Votuporanga/SP. Foram realizadas medidas antropométricas de peso corporal e estatura. O Índice de Massa Corporal (IMC) foi classificado conforme o referencial proposto por Conde e Monteiro (2006) e PROESP (2017). Aplicou-se estatística descritiva, incluindo valores de média e desvio padrão, expressando os resultados em valores de percentagem (%). Resultados: o IMC segundo Conde e Monteiro (2006) tangeram para parâmetros médios considerados adequados, apenas na idade de 7 (17,5) e 9 anos (19,0). Na análise por períodos de permanência na escola, notou-se que 57,1% das escolares frequentes no período vespertino apresentavam IMC ideal. A região central apresentou os piores resultados, pois cerca de 46,3% estavam na zona de risco a saúde. Conclusão: a constante mudança nos hábitos e maior acessibilidade à bens de consumo tem prejudicado a saúde das escolares, pois estas estão expostas à influências externas que podem comprometer a composição corporal.


Palavras-chave


Escolares. Composição Corporal. Índice de Massa Corporal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 BIOMOTRIZ

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN Online: 2317-3467
ISSN Impresso: 1679-8074