A PESQUISA COMO UM PRINCÍPIO PEDAGÓGICO DE APRENDIZAGEM, SEGUNDO PERSPECTIVAS EM PESQUISA-AÇÃO DE THIOLLENT

André Luís Silva da Silva, Cléia Rosane Baiotto, Izabel Rubin Cocco

Resumo


Apresenta-se uma análise teórico-metodológica do processo da pesquisa, em particular da Pesquisa-Ação, em uma proposta de formação continuada de professores a partir de sua autoformação coletiva. Como identificação dos sujeitos citados neste artigo, apresentam-se o professor como orientador do processo da pesquisa e o aluno como sujeito pesquisador. Na caracterização do elo de mediação dessa relação dialógica, foram consideradas as contribuições de Thiollent (2006, 2008, 2011) em sua argumentação para Pesquisa-Ação e suas implicações em sala de aula, em seus aspectos teórico e metodológico, vastamente exemplificados. Trata-se, portanto, de um texto teórico-exploratório, de simplicidade objetivada quanto às perspectivas de inteligibilidade e objetividade de utilização do processo de pesquisa no contexto escolar, sobretudo da Educação Básica, tendo-se em vista uma relação mediática de ensino-aprendizagem garantidora de significados e de autonomia, para quem ensina e para quem aprende.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

ISSN: 2316-4034