A DIMENSÃO DO COLETIVO NA CONSTRUÇÃO DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

Cênio Back Weyh, Neusa Maria John Scheid, Noemi Boer, Adriano Canabarro Teixeira

Resumo


O Projeto Político Pedagógico (PPP) de uma escola é uma exigência legal. No entanto, para muito além disso, a construção desse documento constitui-se numa importante e singular oportunidade da escola (re)pensar a sua finalidade como instituição educativa no século XXI. O artigo trata sobre o papel dos diferentes atores envolvidos, destacando a dimensão de construção coletiva como característica imprescindível para que o PPP oriente as ações da escola e contribua para que ela cumpra com sua finalidade. Resulta de uma investigação qualitativa do tipo revisão bibliográfica, a partir de reflexões desenvolvidas no grupo de estudos, utilizando-se como fonte de pesquisa publicações (artigos, livros, entrevistas e vídeos).  Os resultados indicam que todos os atores envolvidos possuem um importante papel a ser desempenhado nesse processo. A dimensão do coletivo precisa estar presente em cada uma das etapas essenciais da construção do PPP, pois, se isso não for garantido, dificilmente se atingirá a finalidade primordial da escola que é a de colaborar na construção de uma sociedade justa e igualitária, na qual os sujeitos sejam protagonistas de suas histórias de vida e conquistem a realização pessoal e social.


Texto completo:

PDF HTML

Referências


AZEVEDO, J. C. de. Escola Cidadã: construção coletiva e participação popular. In: SILVA, Luis Heron da Silva (Org.). A escoa cidadã no contexto da globalização. Petrópolis: Vozes, 1998.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 3 ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BIÁZZIO, S. C. F.; LIMA, P. G. A participação da família no Projeto Político Pedagógico da escola. Educere et Educare - Revista de Educação, v. 4, n. 7, 2009, p. 1-14.

BOGDAN, R., BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Conferência Nacional da Educação Básica (CONEB). Documento final. Brasília, DF: MEC, SEA, Comissão Organizadora da CONEB, 2008, p.209.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n. 9394/96. Brasília, DF: 1996.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. Lei no. 10.172/2001. Brasília, DF: 2001.

CENPEC. ONG Parceria da escola. Coleção educação e participação. São Paulo: CENPEC/UNICEF, 2003.

DELORS, J. et al. Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI. 10 ed. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO/MEC, 2006.

FARFUS, D. Relação escola comunidade. E-book, Aula nº 02, 2014a.

FARFUS, D. Relação escola comunidade. E-book, Aula noº03, 2014b.

FARFUS, D. Relação escola comunidade. E-book, Aula nº 04, 2014c.

FONSECA, D. M. Gestão e educação. Revista Universidade e Sociedade, ano IV, jun. 1994.

FREIRE, P. A pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. 23 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

FREIRE. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

FRIGOTTO, G. Educação e a crise do trabalho real. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

GANDIN, D. A prática do planejamento participativo: na educação e em outras instituições, grupos e movimentos dos campos cultural, social, político, religioso e governamental. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1994.

GONÇALVES, T. N. R. Investigar em Educação: Fundamentos e Dimensões da Investigação Qualitativa. In: ALVES, M. G.; AZEVEDO, N. R. (Org.). Investigar em educação: desafios da construção de conhecimento e da formação de investigadores num campo multi-referenciado. Lisboa: Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, p. 39-63, 2010.

HAMMERSCHMITT, I. Espaços de representatividade na escola. E-book, Aula no. 01, 2014a.

HAMMERSCHMITT, I. Espaços de representatividade na escola. E-book, Aula no. 03, 2014b.

LOPES, N. O que é o projeto político-pedagógico (PPP). Gestão escolar. Edição 11, 2011. Disponível em: http://gestaoescolar.abril.com.br/aprendizagem/projeto-politico-pedagogico-ppp-pratica-610995.shtml. Acesso em: maio 2014.

MAIA, B. P.; COSTA, A. Os desafios e as superações na construção coletiva do Projeto Político Pedagógico. Curitiba: IBPEX, 2011.

MARTINS, R. B. Educação para a cidadania: o projeto político-pedagógico como elemento articulador. In: VEIGA, I. P. A.; RESENDE, L. M. G. (Orgs.). Escola: Espaço do projeto político-pedagógico. 17. ed. Campinas: Papirus, 2011c, p. 49-73.

PARO, V. H. Eleição de diretores: a escola pública experimenta a democracia. Campinas: Papirus, 1996.

RODRIGUES, N. Por uma nova escola: o transitório e o permanente na educação. 6 ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1987.

VEIGA, I. P. A. (Org.). Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. São Paulo: Papirus, 2004.

VEIGA, I. P. A. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. 29 ed. São Paulo: Papirus, 2011a.

VEIGA, I. P. A. A. Projeto Político Pedagógico: novas trilhas para a escola. In: VEIGA, I. P. A.; FONSECA, M. (Orgs.). As dimensões do Projeto Político-Pedagógico: novos desafios para a escola. 9 ed. São Paulo: Papirus, 2011b, p. 45-66.

VEIGA, I. P. A. Perspectivas para a reflexão em torno do Projeto Político-Pedagógico. In: VEIGA, I. P. A.; RESENDE, L. M. G. (Orgs.). Escola: espaço do projeto político-pedagógico. 17. ed. Campinas: Papirus, 2011c, p. 09-32.

VEIGA, I. P. A. As instâncias colegiadas da escola. In: VEIGA, I. P. A.; RESENDE, L. M. G. (Orgs.). Escola: espaço do projeto político-pedagógico. 17 ed. Campinas: Papirus, 2011, p. 113-126.

WEYH, C. B. Educar pela participação: uma leitura político-pedagógica do orçamento participativo estadual no município de Salvador das Missões/RS. Santo Ângelo: FURI, 2011.

WIERSEMA, N. How does Collaborative Learning atually work in a classroom and how do students react to it? A Brief Refletion. Mexico City, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                

 Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

ISSN: 2316-4034