A Constituição em Hegel: um diálogo com Taylor e Gadamer sobre as possibilidades da dialética.

Emerson de Lima Pinto

Resumo


Partindo do pressuposto da relevância do método dialético de Hegel, procuraremos desenvolver uma preliminar (re)leitura do lugar da Constituição. Neste processo importa desconstituir mitos e preconceitos sobre determinados conceitos de Hegel tendo por referencia o papel que a experiência e a tradição da Constituição ocupavam em sua reflexão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266