A sustentabilidade urbana analisada através do estudo de implantação de corredores verdes em dois logradouros da cidade de Cruz Alta/RS

Mariela Camargo, Igor Norbert Soares, Carmem Anita Hoffmann, Maria Aparecida Santana Camargo, Gustavo Corbellini Masutti, Laura Flores Friedrich, Renan Somavilla Uliana

Resumo


O contexto urbano em que vivemos atualmente tem o compromisso de romper paradigmas passados onde se acreditava que a natureza existia exclusivamente para servir ao homem. Hoje sabemos o papel que o meio ambiente exerce sobre o planejamento urbano, pois em tempos de globalização onde a selva de concreto cresce em níveis exponenciais, as infraestruturas verdes de uma cidade caminham em direção oposta a isso, criando zonas de amortecimento climático, áreas de escoamento das águas pluviais, acolhimento da fauna, espaços de lazer e contemplação, dentre inúmeros outros benefícios físicos e sociais. Levando em consideração esses critérios, realizou-se uma pesquisa qualitativa que tinha como objetivo principal realizar estudos que confirmassem a possibilidade da implantação de infraestruturas verdes planejadas na cidade de Cruz Alta. Para isso, foram avaliadas diversas ruas da cidade que teriam potencial para abranger o estudo, sendo que as duas eleitas para o desenvolvimento do projeto foi a Rua Mariz e Barros e a Avenida General Câmara. A partir daí, foi feito um levantamento rigoroso de ambas, considerando diversas propriedades como: dimensões do passeio público e do leito carroçável, arborização existente, posicionamento da rede elétrica, fluxo de veículos, percurso populacional, entre outros. A pesquisa serviu para criar discussões iniciais e embasamento para que se possa, a partir de então, desenvolver projetos para a efetivação desse conceito, onde serão estabelecidos critérios para a qualificação das áreas verdes já existentes em Cruz Alta.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266