A INFLUÊNCIA DA CONTABILIDADE CRIATIVA NO RESULTADO DO TRABALHO DO AUDITOR INDEPENDENTE

Valeska Xavier Frota, Eloir Trindade Vasques Vieira

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir o constante uso da prática da contabilidade criativa pelos gestores de empresas como forma de manipular as informações contábeis intencionalmente para atingir os objetivos específicos impostos pelo cenário mercadológico atual, consequência das exigências geradas pela abertura de mercados, pela globalização e pela concorrência cada vez maior entre as empresas. Visa tratar do papel da contabilidade, mais especificamente, do auditor independente e das empresas de auditoria frente a tal prática e como seu trabalho vem sendo afetado por ela. Busca tratar os facilitadores que propiciam a existência da contabilidade criativa e quais seriam as medidas adequadas para inibir tal prática. Conclui que a contabilidade criativa é uma prática de difícil erradicação, porque vai muito além dos fatores técnicos que permitem a sua existência, tornando-se mais uma questão de valores éticos e morais dos profissionais que a praticam. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266