A CULTURA DA IMAGEM E O PLURALISMO CONCEITUAL DA PÓS-MODERNIDADE

Milena MASCARENHAS, Claudio Renato de Camargo MELLO, Denise Rosana da Silva MORAES, Solange da Silva PORTZ, Nataly Yolanda Capelari SANTOS

Resumo


Pensar relações interdisciplinares entre mídia, arte e interculturalidade na pós-modernidade, requer mudança crítica de valores, comprometida com transformações sociais, embasadas em princípios de dimensão dialógica em uma perspectiva de alteridade. Neste cenário, este artigo propõe reflexões acerca do pluralismo conceitual da pós-modernidade e da maneira como a cultura da imagem influencia no modo de subjetivação – como um processo de constituição do sujeito e quais suas consequências. A metodologia de investigação é a pesquisa bibliográfica, em um recorte temporal da era industrial aos dias atuais, e em uma abordagem com foco principal no campo dos estudos culturais, no contexto da cidade e seus elementos simbólicos – revelados por sua arquitetura e urbanismo e suas mídias – representadas pela fotografia, televisão, cinema e pela moda. Como resultados e conclusões, consideramos que as reflexões sobre a cultura da imagem sejam uma grande contribuição ao pensar novas formas de coexistência entre as estruturas materiais e simbólicas.

Palavras-chave: Pós-modernidade. Cultura da Imagem. Interdisciplinaridade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista Gedecon tem fluxo contínuo para recebimento de artigos.

ISSN: 1982-3266