ANÁLISE QUALI-QUANTITATIVA DO CÂNCER DO TIPO MELANOMA CUTÂNEO: UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE DRPC COMO AUXÍLIO NO DIAGNÓSTICO

Rodrigo Luiz Antoniazzi, Régis Schuch, Paricia Mariotto Mozzaquatro Chicon, Cristiane Maria Hagemann, Viviane Cecília Kessler Nunes Deuschle, Angélica Raber, Claudelí Mistura

Resumo


O câncer de pele é o crescimento anormal e descontrolado das células. Essas células se dispõem em formatos diferentes de bordas, tamanhos e simetria, tendo-se diferentes tipos de tumores. O tumor de pele é uma doença frequente que, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), é o tipo mais frequente no Brasil, correspondendo por 30% dos casos novos a cada ano. Dos 30% de todos os tumores malignos registrados no País, apenas 3% correspondem ao tipo melanoma, mas é o mais grave devido à sua alta possibilidade de metástase, conforme o INCA (2018). O prognóstico desse tipo de câncer pode ser considerado bom, se detectado nos estádios iniciais. Portanto, neste trabalho, pretende-se utilizar um aplicativo para dispositivo móvel e/ou desktop para estimar o Índice de Variação de Cores (IVC) dos tumores de pele (benignos e malignos) a partir da identificação da incidência de câncer do tipo melanoma cutâneo dos colaboradores (Professores e Funcionários) da Universidade de Cruz Alta/RS e validar o emprego do software DRPC (Diagnóstico Rápido e Preciso por Computador) como forma segura de auxílio de diagnóstico - para posterior, acompanhamento, orientação e prevenção.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266