A SIMBOLOGIA DA TOGA E O PROTAGONISMO JUDICIAL

Leonardo Protti Hillesheim, Ricardo Enrique Teixeira Facco, Kelvin Alencar Bastos Dias, Marcelo Cacinotti Costa

Resumo


O presente trabalho possui como objetivo apresentar aos leitores o significado da Toga e sua representação junto ao Poder Judiciário. Com isso, procura-se explicitar um breve histórico sobre a vestimenta dos magistrados (toga) e a sua simbologia. Desse modo, este estudo visa estabelecer um paradoxo entre a pessoa de um juiz e o seu papel na prestação jurisdicional – “Estado-Juiz” –, descrevendo seus limites e eventuais polêmicas que seu protagonismo pode gerar na prática. No desenrolar deste estudo, busca-se conscientizar o leitor acerca da verdadeira função do Estado na prestação jurisdicional e a relação disso com os operadores do direito, de modo crítico e fomentando a problematização dos fatos que compreendem o cotidiano forense, partindo sempre da observância que a toga simboliza a justiça ideal, a imparcialidade que norteia a prestação jurisdicional, como se desenvolverá no respectivo trabalho.

Palavras-chave: Discricionariedade judicial. Poder Simbólico. Toga. Prestação jurisdicional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266