DIAGNÓSTICO DE RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS EM UMA AGROINDÚSTRIA DO EXTREMO OESTE DE SANTA CATARINA/ RS: ESTUDO DE CASO

Vitória de Lima Brombilla, Patrícia Grassi, Sarah Walbrink, Fernanda Caroline Drumm, Jordana Georgin

Resumo


O gerenciamento dos resíduos sólidos possibilita reduzir, reutilizar ou reciclar resíduos, incluindo planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos e recursos, para desenvolver e implementar as ações necessárias ao cumprimento das ações previstas em programas e planos. A elaboração de um diagnóstico de todos os resíduos gerados na unidade da agroindústria é o ponto de partida para outras etapas, como segregação, acondicionamento, transporte interno, armazenamento temporário, transporte externo e destinação final. O objetivo desse trabalho foi realizar um diagnóstico quantitativo de resíduos sólidos em cada ponto de geração em uma unidade agroindustrial do extremo oeste de Santa Catarina/RS, do ramo avícola. A quantificação foi realizada por três metodologias diferentes, de acordo com a quantidade e controle de resíduos gerados: A-coleta, segregação, armazenamento e pesagem dos resíduos; B- pesagem das cargas de resíduos e subtraído o seu peso com a carga vazia; C- análise do consumo mensal. Os setores que mais geram resíduos na agroindústria são o da produção, especialmente a sala de cortes A e B, seguido dos setores expedição, barreira sanitária e evisceração. A agroindústria estudada destina adequadamente os resíduos gerados na empresa, e busca uma melhoria contínua em relação à gestão dos seus resíduos sólidos.

Palavras-chave: Agroindústria. Resíduos sólidos. Gerenciamento. Diagnóstico de resíduos sólidos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Online 2318-9150

ISSN Impresso 1982-3266