ÍNDICE DE PREVALÊNCIA DE INFECÇÃO EM FERIDAS OPERATÓRIAS ORTOPÉDICAS E TRAUMATOLÓGICAS

Deise Luana Winck, Susane Flôres Cosentino, Monique Prestes, Andressa de Andrade, Gabriela de Mattos Nogueira

Resumo


As infecções hospitalares são grandes causadoras de morbimortalidade nos pacientes. Este estudo objetivou determinar o índice de prevalência de infecção em ferida operatória de cirurgias ortopédicas/traumatológicas em um hospital do norte do Rio Grande do Sul. Estudo epidemiológico, retrospectivo, prospectivo e descritivo que se realizou por meio da observação da troca de curativos, análise de prontuários e visitas domiciliares aos pacientes que passaram por procedimentos cirúrgicos considerados limpos no período de 01 de janeiro à 31 de julho de 2012. Os dados foram analisados por estatística descritiva. Constatou-se taxa de infecção de 7,69% nos pacientes observados na troca de curativos (grupo 1 - prospectivo) e 10,81% nos que receberam a visita domiciliar (grupo 2 - retrospectivo). Concluiu-se que os resultados obtidos estão dentro dos parâmetros brasileiros de infecção em sitio cirúrgico e que a pesquisa possibilitou encontrar um dado concreto auxiliando assim o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.


Palavras-chave


Procedimentos Cirúrgicos Operatórios; Infecção; Enfermagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Espaço Ciência & Saúde