CONDIÇÃO VACINAL E CONHECIMENTO SOBRE A HEPATITE B DOS ALUNOS DE FARMÁCIA DA UNOESC VIDEIRA

Thaise Krug, Bibiana Paula Dambrós, Elisandra Minotto, Ana Paula Scherer de Brum

Resumo


A condição vacinal e o conhecimento sobre a doença da hepatite B dos acadêmicos do curso de Farmácia da UNOESC Videira foi avaliada. Para a coleta de dados adotou-se como instrumento, formulários semiestruturados I e II, contendo perguntas sobre características gerais dos acadêmicos, conhecimento sobre VHB e análise da carteira de vacinação. O critério de inclusão foi atendido por 47 acadêmicos, 89,4% mulheres e 10,6% homens. Destes 82,9% apresentaram idade entre 17 e 23 anos e 61,7% possuíam conhecimento sobre a doença da hepatite B. O esquema vacinal completo foi confirmado para 95,8%, após análise da carteira. A Universidade exigiu a apresentação da carteira de vacinação no ato da matrícula de 89,4% dos acadêmicos. Sugere-se o desenvolvimento de campanhas incentivando a vacinação, um monitoramento mais efetivo das carteiras de vacinação, bem como a implementação do teste sorológico (anti-HBs) a fim de contribuir para proteção dos acadêmicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Espaço Ciência & Saúde