CONCRETO COM SUBSTITUIÇÕES DE CINZA DA CASCA DE ARROZ E RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Eric Renã Zavitzki Schimanowski, Guilherme Amaral de Moraes, Manuel Osório Binelo, Diorges Carlos Lopes, Fernanda da Cunha Pereira

Resumo


Atualmente, o impacto causado ao meio ambiente é um dos assuntos mais discutidos pela humanidade e exige pesquisas que desenvolvam tecnologias capazes de substituir processos e/ou produtos nos mais diversos setores. Com a indústria da construção civil não é diferente, se por um lado há grandes poluições ambientais com o descarte de resíduos e com as altas emissões de gases pelas indústrias cimenteiras, por outro existe a capacidade tecnológica de diminuir a quantidade de materiais despejados na natureza a partir da implementação desses ao concreto. Nesse sentido, a cinza da casca de arroz e os resíduos da construção civil podem substituir elementos comumente utilizados na fabricação deste material, como o cimento Portland e a brita, respectivamente. Para tanto, foram avaliadas neste estudo, substituições de 10%, 20% e 30% desses materiais aplicados separadamente e em conjunto. No estado fresco, foi necessário adicionar mais água aos concretos com substituições devido às características dos novos materiais; a adição de água alterou o fator água/aglomerante e impactou diretamente na resistência à compressão, gerando valores abaixo do traço de referência para essas misturas. Entretanto, embora inferiores, os resultados obtidos foram satisfatórios para a resistência calculada na dosagem, exceto o traço com substituição de 30% de agregado reciclado. Ademais, traços com 10% de substituição geraram valores mais próximos ao traço controle para as misturas em que foi utilizada a cinza da casca de arroz; quando os materiais foram utilizados em conjunto houve ganhos de resistência tornando a mistura mais adequada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Plataforma de Submissão de Trabalhos e Anais de Eventos da Unicruz