A EVOLUÇÃO DOS EVENTOS DE CORRIDA DE RUA NA CIDADE DE SANTA MARIA (RS) ORGANIZADOS PELA UNIÃO DE CORREDORES DE RUA DE SANTA MARIA (UCRSM) DE 2011 A 2019

Autores

  • Hugo Norberto Krug Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.33053/biomotriz.v14i3.276

Resumo

O estudo objetivou analisar a evolução dos eventos de corrida de rua na cidade de Santa Maria (RS) organizados pela União de Corredores de Rua de Santa Maria (UCRSM) de 2011 a 2019. Caracterizamos a pesquisa como qualitativa documental na forma de estudo de caso. O caso estudado foram os eventos de corrida de rua na cidade de Santa Maria (RS) organizados pela UCRSM de 2011 a 2019. Utilizou-se à análise de conteúdo para a interpretação das informações contidas no site http://www.ucrsm.com enquanto um documento. Concluiu-se que, em 2019 ocorreu o ‘boom’ das corridas de rua, na cidade de Santa Maria (RS), organizadas pela UCRSM. Esta conclusão nos leva a inferir que, está passada a hora de discutir na cidade de Santa Maria (RS) a respeito de formulações ou reformulações de políticas públicas municipais para o esporte e lazer e, com certeza, para as corridas de rua, pois estas galgaram um patamar destacado na cidade, via UCRSM.

Referências

BASTOS, F. C.; PEDRO, M. A. D.; PALHARES, J. M. Corrida de rua: análise da produção científica em universidades paulistas. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa, v. 17, n. 2, p. 76-86, 2009.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação – uma introdução à teoria e aos métodos. Porto (Portugal): Porto Editora, 1982.

CAMPOS, T. M.; MORAES, M. B. de; LIMA, E. Rede de relação e empreendedorismo na realização de corridas de rua. In: ENCONTRO DE ESTUDOS EM EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS (EGEPE), VIII., Brasília, 2014. Anais, Brasília: UnB, 2014. p. 1-14.

DALLARI, M. M. Corrida de rua: um fenômeno sociocultural contemporâneo, 2009. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

DOMINGOS, A. M. et al. Periodização do treinamento para corredores de rua especialistas em provas de dez quilômetros, 2009. Monografia – Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro, 2009.

GIBBS, G. Análise de dados qualitativos. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GIL, A. C. Métodos e técnicas em pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

GONÇALVES, G. H. T. Corrida de rua: um estudo sobre os motivos de adesão e permanência de corredores amadores de Porto Alegre, 2011. Monografia (Bacharelado em Educação Física) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

LUFT, C. P. MiniDicionário Luft. São Paulo: Ática/Scipione, 2000.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens, elaboração, análise e interpretação de dados. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MARTINS, G. de A. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2006.

MOLINA, R. S. K. O enfoque teórico metodológico qualitativo e o estudo de caso: uma reflexão introdutória. In: TRIVIÑOS, A. N. S.; MOLINA NETO, V. (Orgs.). A pesquisa qualitativa em Educação Física: alternativas metodológicas. 2. ed. Porto Alegre: Editora UFRGS/Sulina, 2004. p. 95-106.

RODRIGUES, A.L. de P.; SILVA, C. A. da. Perfil e caracterização do treinamento de praticantes de corrida de rua em Fortaleza – CE. Revista Diálogos Acadêmicos, Fortaleza, v.7, n. 2, p. 24-29, jul./dez. 2018.

ROJO, J. R. Corrida de rua, sua história e transformações. In: CONGRESSO SULBRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, VII., Percursos e percalços do trabalho no lazer, no esporte e na escola: tensões e perspectivas em “tempos de megaeventos”, Matinhos, 2014. Anais, Matinhos: COMBRACE, 2014. p. 1-10. Disponível em: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/7csbce/2014/index . Acesso em: 21 ago. 2020.

ROJO, J. R.; ROCHA, F. F. da. Análise do perfil dos corredores e eventos de corridas de rua da cidade de Curitiba – PR. Revista Educación Física y Ciencia, Buenos Aires, v. 20, n. 4, p. e066, oct./dic. 2018.

ROJO, J. R.; STAREPRAVO, F. A.; MEZZADRI, F. M.; SILVA, M. M. de. Corrida de rua: reflexões sobre o “universo” da modalidade. Revista Corpoconsciência, Cuiabá, v. 21, n. 03, p. 82-96, set./dez. 2017.

SALGADO, J. V. V.; CHARON-MIKAHILL, M. P. T. Corrida de rua: análise do crescimento do número de provas e de praticantes. Revista Conexões, Campinas, v. 4,n. 1, p. 90-99, 2006.

Downloads

Publicado

2020-11-16

Como Citar

Krug, H. N. (2020). A EVOLUÇÃO DOS EVENTOS DE CORRIDA DE RUA NA CIDADE DE SANTA MARIA (RS) ORGANIZADOS PELA UNIÃO DE CORREDORES DE RUA DE SANTA MARIA (UCRSM) DE 2011 A 2019. BIOMOTRIZ, 14(3), 1-8. https://doi.org/10.33053/biomotriz.v14i3.276

Edição

Seção

Editorial