EFEITO AGUDO DO EXERCÍCIO RESISTIDO COM PESO LIVRE E NO APARELHO SOBRE O ESTADO DE HUMOR DE ADULTOS PRATICANTES DE TREINAMENTO RESISTIDO

Autores

  • Antônia da Rosa Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Dayanne Sampaio Antonio Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Aline de Oliveira Martins Faculdade Especializada na área da Saúde do Rio Grande do Sul
  • Rafael Cunha Laux Universidade do Oeste de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.484

Palavras-chave:

Transtornos de Humor., Treinamento Resistido, Fadiga.

Resumo

Pouco se sabe sobre a relação do estado de humor com o treinamento resistido livre e em aparelhos. Diante disso, se propõe avaliar a influência que o exercício físico livre e em aparelhos tem sobre o estado de humor de praticantes de treinamento resistido. Para tal, participaram 14 sujeitos praticantes de treinamento resistido, ambos os sexos, com idade entre 25 e 59 anos. Utilizou-se uma anamnese e a Escala de Humor de Brunel. Estruturou-se o treinamento resistido em dois treinos, o treinamento A, efetuado com a utilização de aparelhos, e o B, sem a utilização de aparelhos, de forma livre, ambos trabalhando o mesmo grupo muscular. Os participantes foram divididos em dois grupos iguais e realizaram os dois tipos de treinamento em momentos distintos. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial utilizando o SPSS® 21.0. Verificou-se que a intervenção do treinamento resistido livre aumentou a raiva dos sujeitos após o treino (p<0,0001). Enquanto ambas as intervenções, A e B, diminuíram o vigor (p<0,0001) e aumentaram a fadiga dos participantes (p<0,0001) após o treinamento. Conclui-se que os participantes apresentaram mais raiva no treinamento resistido livre, e ambos os treinamentos aumentaram a fadiga e diminuíram o vigor após sua realização.

Biografia do Autor

Antônia da Rosa, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduada em Educação Física bacharelado

Dayanne Sampaio Antonio, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduada em Educação Física bacharelado – UNOESC e graduanda em Educação Física licenciatura – UNOESC

Aline de Oliveira Martins, Faculdade Especializada na área da Saúde do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Envelhecimento Humano – UPF

Mestra em Educação Física - UFSM

Metodologias Ativas na Docência da Educação – UNINTER

Profissional de Educação Física - UNICRUZ

Rafael Cunha Laux, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Doutorando em Ciências da Saúde – Unochapecó, Mestre em Educação Física – UFSM, Especialista em Personal Trainer – UNOESC, Profissional de Educação Física - UNOESC

Referências

ABREU, M. O.; DIAS, I. S. Physical exercise, mental health and quality of life in ESECS/

IPL. Psicologia, Saúde & Doença, v. 18, n. 2, p. 512–519, 25 jul. 2017.

BORG, G. Escalas de Borg para a dor e o esforço: percebido. 1. ed. São Paulo: Manole,

BRANDT, R. et al. Perfil de humor de mulheres com fibromialgia. Jornal Brasileiro de

Psiquiatria, v. 60, n. 3, p. 216–220, 2011.

BRUNONI, L. et al. Treinamento de força diminui os sintomas depressivos e melhora a

qualidade de vida relacionada a saúde em idosas. Revista Brasileira de Educação Física e

Esporte, v. 29, n. 2, p. 189–196, jun. 2015.

D’AUREA, C. V. R. Efeitos dos exercícios físicos resistido e de alongamento no sono,

perfil de humor e qualidade de vida em pacientes com insônia crônica. Disseração

(Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo,

FANK, F.; MENEZES, E. C.; MAZO, G. Z. Efeitos do treinamento resistido no estado de

humor de idosas. Revista Kairós : Gerontologia, v. 23, n. 4, p. 171–188, 30 dez. 2020.

HAMER, M.; ENDRIGHI, R.; POOLE, L. Physical activity, stress reduction, and mood:

insight into immunological mechanisms. Methods in Molecular Biology (Clifton, N.J.), v.

, p. 89–102, 2012.

INGRAM, J.; MACIEJEWSKI, G.; HAND, C. J. Changes in Diet, Sleep, and Physical

Activity Are Associated With Differences in Negative Mood During COVID-19 Lockdown.

Frontiers in Psychology, v. 11, 2 set. 2020.

KOCH, E. D. et al. Relationships between incidental physical activity, exercise, and sports

with subsequent mood in adolescents. Scandinavian Journal of Medicine & Science in

Sports, v. 30, n. 11, p. 2234–2250, nov. 2020.

LAUX, R. C.; MATTIELLO, G. F.; CORAZZA, S. T. Efeitos dos treinamentos metabólico e

de força no estado de humor. ConScientiae Saúde, v. 17, n. 3, p. 286–292, 28 set. 2018.

LOFRANO-PRADO, M. C. et al. Acute effects of aerobic exercise on mood and hunger

feelings in male obese adolescents: a crossover study. International Journal of Behavioral

Nutrition and Physical Activity, v. 9, n. 1, p. 38, 2012.

MARTINS, C. I. N. A influência do contexto indoor e outdoor de prática de exercício

funcional no estado emocional de adultos saudáveis. Dissertação (Mestrado em Exercício e

Saúde)—Faculdade de Motricidade Humana, 2018.

MCGOWAN, R. W. et al. Beta-endorphins and mood states during resistance exercise.

Perceptual and Motor Skills, v. 76, n. 2, p. 376–378, abr. 1993.

MCGOWAN, R. W.; PIERCE, E. F.; JORDAN, D. Mood alterations with a single bout of

physical activity. Perceptual and Motor Skills, v. 72, n. 3 Pt 2, p. 1203–1209, jun. 1991.

MCGOWAN, R. W.; TALTON, B. J.; THOMPSON, M. Changes in scores on the profile

of mood states following a single bout of physical activity: heart rate and changes in affect.

Perceptual and Motor Skills, v. 83, n. 3 Pt 1, p. 859–866, dez. 1996.

MIRANDA, R. E. E. P. C.; MELLO, M. T. D.; ANTUNES, H. K. M. Exercício Físico, Humor

e Bem-Estar: Considerações sobre a Prescrição da Alta Intensidade de Exercício. Revista

Psicologia e Saúde, 21 dez. 2011.

NEVES, A. W. et al. Efeito da (in)atividade física nas queixas de insônia, humor e qualidade

de vida de pacientes com hipertensão arterial. Revista Brasileira de Educação Física e

Esporte, v. 34, n. 3, p. 385–393, 20 nov. 2020.

O’CONNOR, P. J. et al. Effects of resistance training on fatigue-related domains of quality

of life and mood during pregnancy: A randomized trial in pregnant women with back pain.

Psychosomatic medicine, v. 80, n. 3, p. 327–332, abr. 2018.

PELUSO, M. A. M.; ANDRADE, L. H. S. G. DE. Physical activity and mental health: the

association between exercise and mood. Clinics, v. 60, n. 1, p. 61–70, fev. 2005.

ROHLFS, I. C. P. DE M. et al. A Escala de Humor de Brunel (Brums): instrumento para

detecção precoce da síndrome do excesso de treinamento. Revista Brasileira de Medicina do

Esporte, v. 14, n. 3, p. 176–181, jun. 2008.

SANTOS, M. C. B. O exercício físico como auxiliar no tratamento da depressão. Revista

Brasileira de Fisiologia do Exercício, v. 18, n. 2, p. 108–115, 19 set. 2019.

SILVA, I. E. H. DA; LAUX, R. C.; MARTINS, A. DE O. O efeito agudo da prática da dança

no estado de humor de mulheres. Biomotriz, v. 15, n. 1, p. 81–90, 13 abr. 2021.

SILVA, P. S. B. DA; FERREIRA, C. E. S. Exercício físico e humor: uma revisão acerca do

tema. Educação Física em Revista, v. 5, n. 3, 31 dez. 2011.

SILVA, V. B. et al. Influência de Diferentes Protocolos de Exercício Cíclico Sobre o Estado de

Humor. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 22, n. 4, p. 146–155, 30 dez. 2014.

SMILEY, A. et al. Comparing the Trail Users with Trail Non-Users on Physical Activity,

Sleep, Mood and Well-Being Index. International Journal of Environmental Research and

Public Health, v. 17, n. 17, set. 2020.

SOUSA, W. B.; ROGATTO, G. P. A influência do exercício resistido realizado em máquina

e com pesos livres sobre a fadiga muscular. Revista Digital Efdportes.com. v. 12, n. 113,

Disponível em: <https://www.efdeportes.com/efd113/fadiga-muscular.htm>. Acesso

em: 5 mar. 2021.

STENLING, A. et al. Effects of a Brief Stair-Climbing Intervention on Cognitive Performance

and Mood States in Healthy Young Adults. Frontiers in Psychology, v. 10, 15 out. 2019.

TEIXEIRA, C. V. L. S. et al. Respostas psicobiológicas agudas do treinamento resistido com

diferentes níveis de interação social. Revista Andaluza de Medicina del Deporte, v. 11, n. 2,

p. 79–83, 1 abr. 2018.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; SILVERMAN, S. J. Research Methods in Physical

Activity. 7. ed. Champaign: Human Kinetics, 2015.

WERNECK, F. Z.; NAVARRO, C. A. Physical activity level and state of mood in adolescents.

Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 27, n. 2, p. 189–193, jun. 2011.

Downloads

Publicado

2021-07-29

Como Citar

da Rosa, A., Antonio, D. S., de Oliveira Martins, A., & Laux, R. C. (2021). EFEITO AGUDO DO EXERCÍCIO RESISTIDO COM PESO LIVRE E NO APARELHO SOBRE O ESTADO DE HUMOR DE ADULTOS PRATICANTES DE TREINAMENTO RESISTIDO . BIOMOTRIZ, 15(1), 226-235. https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.484

Edição

Seção

Artigos