ASPECTOS MOTORES DO DESENVOLVIMENTO MOTOR E A PARTICIPAÇÃO ESPORTIVA SISTEMATIZADA EM CRIANÇAS DOS 6 AOS 10 ANOS DE IDADE: UMA REVISÃO NARRATIVA

Autores

  • Danielle de Campos Silva Universidade Federal de Viçosa
  • Elenice de Sousa Pereira Universidade Federal de Viçosa
  • Luciano Basso
  • Fernanda Karina dos Santos Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.547

Palavras-chave:

Desenvolvimento Motor, Coordenação Motora, Habilidade Motora, Participação Esportiva, Criança

Resumo

Mudanças do movimento recorrentes do desenvolvimento motor podem ser observadas a partir dos aspectos motores que o compõem, como a coordenação motora global e as habilidades motoras. A participação esportiva tem sido associada a diferentes comportamentos dos aspectos motores na infância. Contudo, para a fase da combinação dos movimentos fundamentais, não há evidências consistentes sobre essa relação. Com isso, o objetivo da presente revisão narrativa foi copilar informações sobre os aspectos motores do desenvolvimento motor e analisar a relação dos mesmos com a participação esportiva sistematizada em crianças dos 6 aos 10 anos de idade. Como metodologia, foi realizada a revisão narrativa de estudos clássicos da área e de estudos pesquisados nas bases eletrônicas PubMed, ERIC, Cocrhane e Web of Science, sem distinção de período de publicação. Para discutir sobre o assunto, foram criados tópicos referentes aos aspectos motores do desenvolvimento motor e a relação dos mesmos com a participação esportiva sistematizada. O fato de a criança praticar atividades esportivas sistematizadas as permite vivenciar uma gama de movimentos que se associam à maior coordenação motora global e à maior habilidade motora, aspectos esses fundamentais para o desenvolvimento motor. Além disso, evidencia-se a importância da prática esportiva sistematizada na fase da combinação dos movimentos fundamentais para potencializar a aquisição de um rico repertório motor. Por fim, a revisão sugere a necessidade de análises experimentais para elucidar a relação proposta, contribuindo para evidências consensuais importantes sobre as crianças em movimento.

Referências

BARNETT, L. M. et al. Fundamental movement skills: An important focus. Journal of Teaching in Physical Education, v. 35, n. 3, p. 219–225, 2016.

BASTOS, F. H.; CORREA, H. C.; TANI, G. Tendências e perspectivas de estudo em comportamento motor. In: Comportamento motor: conceitos, estudos e aplicações. [s.l: s.n.]. p.

–10, 2016.

BOZANIC, A.; BESLIJA, T. Relations between fundamental motor skills and specific karate

technique in 5-7 year old begginers. Sport Science, v. 3, n. 1, p. 79–83, 2010.

BURROWS, E. J.; KEATS, M. R.; KOLEN, A. M. Contributions of After School Programs

to the Development of Fundamental Movement Skills in Children. International Journal of

Exercise Science, v. 7, n. 3, p. 236–249, 2014.

CHAGAS, D. V.; MACEDO, L. P.; BATISTA, L. A. The effect of one year of unstructured

table tennis participation on motor coordination level among young recreational players. Archivos de Medicina del Deporte, v. 35, n. 4, p. 223–227, 2018.

CLARK, J. E.; METCALFE, J. S. The mountain of motor Development: A metaphor. Research and Reviews, v. 2, p. 163–190, 2002.

CÔTÉ, J. The influence of the family in the development of talent in sport. Sport Psychologist, v. 13, n. 4, p. 395–417, 1999.

CÔTÉ, J.; FRASER-THOMAS, J. Youth involvement in sport. In: Introduction to Sport Psychology: A Canadian Perspective. [s.l: s.n.]. p. 266–283, 2007.

CÔTÉ, J.; HAY, J. Childrens involvement in sport: a developmental perspective. In: Psychological Foundations of Sport. [s.l: s.n.]. p. 484–502, 2002.

CÔTÉ, J.; VIERIMAA, M. The developmental model of sport participation: 15 years after its

first conceptualization. Science and Sports, v. 29, p. S63–S69, 2014.

DRENOWATZ, C.; GREIER, K. Cross-sectional and longitudinal association of sports participation, media consumption and motor competence in youth. Scandinavian Journal of

Medicine and Science in Sports, v. 29, n. 6, p. 854–861, 2019.

EIME, R. M. et al. Does sports club participation contribute to health-related quality of life?

Medicine and Science in Sports and Exercise, v. 42, n. 5, p. 1022–1028, 2010.

FOTROUSI, F.; BAGHERLY, J.; GHASEMI, A. The Compensatory Impact of Mini-Basketball Skills on the Progress of Fundamental Movements in Children. Procedia - Social and

Behavioral Sciences, v. 46, p. 5206–5210, 2012.

FRANSEN, J. et al. Differences in physical fitness and gross motor coordination in boys aged

-12 years specializing in one versus sampling more than one sport. Journal of Sports Sciences, v. 30, n. 4, p. 379–386, 2012.

FRANSEN, J. et al. Changes in physical fitness and sports participation among children with

different levels of motor competence: A 2-year longitudinal study. Pediatric Exercise Science, v. 26, n. 1, p. 11–21, 2014.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.; GOODWAY, J. D. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebes, crianças e adolescentes. [s.l: s.n.], 2013.

JAAKKOLA, T.; WATT, A.; KALAJA, S. Differences in the Motor Coordination Abilities

among Adolescent Gymnasts, Swimmers, and Ice Hockey Players. Human Movement, v. 18,

n. 1, p. 44–49, 2017.

JAHAGIRDAR, I. et al. Exploring the relationship between participation in a structured

sports program and development of gross motor skills in children ages 3 to 6 years. Journal

of Occupational Therapy, Schools & Early Intervention, p. 1–10, 2017.

KATZMARZYK, P. T.; MALINA, R. M. Contributions of organized sports participation

to estimated daily energy expenditure in youth. Pediatric Exercise Science, v. 10, n. 4, p.

–386, 1998.

KIPHARD, E. J. Insuficiências de movimiento y de coordinación en la edad de la escuela

primaria. Kapeluscz, 1976.

KJØNNIKSEN, L.; ANDERSSEN, N.; WOLD, B. Organized youth sport as a predictor of

physical activity in adulthood. Scandinavian Journal of Medicine and Science in Sports, v.

, n. 5, p. 646–654, 2009.

LOGAN, S. W. et al. Fundamental motor skills: A systematic review of terminology. Journal

of Sports Sciences, v. 36, n. 7, p. 781–796, 2017.

LOPES, V.; MAIA, J. Efeitos do ensino no desenvolvimento da capacidade de coordenação

corporal em crianças de oito anos de idade. Revista Paulista de Educação Física, v. 11, n. 1,

p. 40–48, 1997.

MAGILL, R. A. Introdução ás habilidades motoras. In: Aprendizagem motora: conceitos e

aplicações. [s.l: s.n.]. p. 1–17, 2000.

MAGILL, R. A. O controle do movimento coordenado. In: Aprendizagem motora: conceitos e aplicações. [s.l: s.n.]. p. 36–75, 2000.

MALINA, R. M. Children and adolescents in the sport culture: The overwhelming majority to

the select few. Journal of Exercise Science and Fitness, v. 7, n. 2, p. S1–S10, 2009.

MANOEL, E. DE J. Desenvolvimento Motor: Implicações para a Educação Física Escolar I.

Revista Paulista de Educação Física, v. 8, n. 1, p. 82–97, 1994.

NEWELL, K. M. Constraints on the Development of Coordination. In: Motor Development

in Children: Aspects of Coordination and Control. [s.l: s.n.]. p. 341–360, 1986.

OPSTOEL, K. et al. Anthropometric characteristics, physical fitness and motor coordination

of 9 to 11 year old children participating in a wide range of sports. PLoS ONE, v. 10, n. 5, p.

–16, 2015.

RIPKA, W. L. et al. Estudo comparativo da performance motora entre crianças praticantes

e não- praticantes de minivoleibol. Fitness & Performance Journal, v. 8, n. 6, p. 412–416,

RUDD, J. R. et al. Fundamental movement skills are more than run, throw and catch: The role

of stability skills. PLoS ONE, v. 10, n. 10, p. 1–15, 2015.

SILVA, S. M. et al. Prevalência e fatores associados à prática de esportes individuais e coletivos em adolescentes pertencentes a uma coorte de nascimentos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 23, n. 3, p. 263–274, 2017.

TANI, G. et al. Educação física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista., 1988.

TANI, G. Abordagem desenvolvimenta: 20 anos depois. Revista da Educação Física/UEM,

v. 19, n. 3, p. 313–331, 2008.

TANI, G.; BASSO, L.; CORRÊA, U. C. O ensino do esporte para crianças e jovens: considerações sobre uma fase do processo de desenvolvimento motor esquecida. Revista Brasileira

de Educação Física e Esporte, v. 26, n. 2, p. 339–350, 2012.

TELAMA, R. et al. Participation in organized youth sport as a predictor of adult physical activity: A 21-year longitudinal study. Pediatric Exercise Science, v. 17, p. 76–88, 2006.

ULRICH, D. A. Test of Gross Motor Development, second edition., 2000.

VANDORPE, B. et al. Relationship between sports participation and the level of motor coordination in childhood: A longitudinal approach. Journal of Science and Medicine in Sport,

v. 15, n. 3, p. 220–225, 2012.

Downloads

Publicado

2021-10-15

Como Citar

de Campos Silva, D., de Sousa Pereira, E. ., Basso, L., & Karina dos Santos, F. . (2021). ASPECTOS MOTORES DO DESENVOLVIMENTO MOTOR E A PARTICIPAÇÃO ESPORTIVA SISTEMATIZADA EM CRIANÇAS DOS 6 AOS 10 ANOS DE IDADE: UMA REVISÃO NARRATIVA. BIOMOTRIZ, 15(1), 279-290. https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.547

Edição

Seção

Artigos