A NOVA GRANDE MÍDIA: UMA ANÁLISE SOBRE A INFLUÊNCIA DE BLOGUEIROS FITNESS!

Autores

  • Henrique Guimarães Theodoro Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí
  • Franciele Nogueira Fernandes Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí
  • Eliane Josefa Barbosa dos Reis Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí

DOI:

https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.552

Palavras-chave:

Mídias sociais, Padrão de beleza, Insatisfação, Imagem corporal

Resumo

Com a expansão das redes sociais e o aumento da sua influência em seus usuários, há uma comparação social sobre padrões estabelecido como “belo” pela mídia e sociedade que induzem uma série de insatisfações e inquietações com a aparência física, por esse motivo muito se tem perguntada sobre o impacto que ela pode trazer sobre os olhares da imagem corporal de cada ser. Dessa forma esse estudo busca evidenciar estudos sobre o que a mídia social traz como imagem corporal e parâmetros de beleza para seus usuários a fim de demostrar os riscos e benefícios que ela traz a saúde de cada indivíduo. Tratou-se de uma pesquisa integrativa, com artigos, teses e dissertações nacionais dos últimos dez anos, na base eletrônica portal capes. Foram selecionadas 24 pesquisas, com base nos critérios de inclusão e exclusão. Após a seleção, buscou-se verificar o que os autores concordavam ou discordavam entre si, acerca da mídia na imagem corporal. A mídia influencia tantos homens quantos mulheres, tendo maior relevância em sujeitos do sexo feminino. Sendo assim, foi possível concluir que a mídia tem forte influência sobre a imagem corporal e estilo de vida sobre seus usuários. Trazendo tanto malefícios quanto benefícios a seus telespectadores. Espera-se que a mídia sirva como meio de conscientização e reduza a ascensão a todos os tipos de padrões de beleza propostos por esses “blogueiros fitness”.

Biografia do Autor

Franciele Nogueira Fernandes, Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí

Professora formada pela Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí 

Eliane Josefa Barbosa dos Reis, Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí

Doutora em Educação Física e professora na Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí

Referências

ALVARENGA, Marle dos Santos et al. Influência da mídia em universitárias brasileiras de

diferentes regiões. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. v. 59, n. 2, p. 111-118, 2010.

AMARAL, Ana Carolina Soares. Imagem Corporal de adolescentes: descrição e intervenção

preventiva em âmbito escolar. 2015. 261 f. Tese (Doutorado) - Curso de Psicologia, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2015.

ARAGÃO, Thiago. A cilada do mundo virtual. Revista Correio Braziliense. Universidade

Johns Hopkins/SAIS, 2019.

ARAÚJO, Lidiane Silva et al. Preconceito frente à obesidade: Representações sociais veiculadas pela mídia impressa. Arquivos Brasileiros de Psicologia. v. 70, n. 1, p. 69-85, 2018.

AUGUSTO, Ariana Galhardi Lira. Uso de redes sociais, influência da mídia, imagem corporal

e comportamento alimentar entre adolescentes. 2017. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de

Nutrição, Centro Universitário São Camilo, São Paulo, 2017.

AZEVEDO, Andréa Pires et al. Dismorfia muscular: A busca pelo corpo hiper musculoso.

Motricidade. v. 8, n. 1, p. 53-66, 2012.

BARROS, Yuri Isaac Brito et al. Imagem corporal e a influência da mídia na construção do

corpo feminino. 2019.

BATISTA, Alessandra et al. Dimensão atitudinal da imagem corporal e comportamento

alimentar em graduandos de Educação Física, Nutrição e Estética da cidade de Juiz de Fora–

MG. Journal of Physical Education, v. 26, n. 1, p. 69-77, 2015.

COPETTI, Aline Vieira Sá; QUIROGA, Carolina Villanova. A influência da mídia nos transtornos alimentares e na autoimagem em adolescentes. Revista de Psicologia da IMED, v. 10,

n. 2, p. 161-177, 2018.

COSTA, Muana Lucena da. Associação entre o uso de mídias sociais e comportamento

alimentar, percepção e checagem corporal. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade

Federal do Rio Grande do Norte, 2018.

COSTA, Sandra de Matos Botelho da. O corpo e a imagem corporal em adolescentes: Um estudo numa escola pública no bairro de Jurujuba / Niterói / RJ. 2013. 121 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Saúde Coletiva, Universidade Federal Fluminense, Niterói Rj, 2013.

DE CASTRO, Anny Pereira et al. Os impactos da mídia na imagem corporal impacts of media on body image. TCC-Psicologia, 2020.

DE SOUSA SILVA, Ana Flávia et al. Construção imagético-discursiva da beleza corporal em

mídias sociais: repercussões na percepção sobre o corpo e o comer dos seguidores. DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde, v. 13, n. 2, p. 395-411, 2018.

FARIAS, Deise Raquel Bezerra. A vaidade e as idealizações do corpo feminino na história: a

vaidade e as idealizações do corpo feminino na história uma análise a partir das redes sociais.

19 f. TCC (Graduação) - Curso de História, Campina Grande, 2016.

FERREIRA, Lorena Nascimento. Reflexões sobre a educação do corpo obeso no contexto

midiático: uma análise do programa “além do peso” da rede record de televisão. 2015. 120 f.

Dissertação (Mestrado) - Curso de Educação Física, Universidade Federal do Espírito Santo,

Vitória, 2015.

FROIS, Erica; MOREIRA, Jacqueline; STENGEL, Márcia. Mídias e a imagem corporal na

adolescência: o corpo em discussão. Psicologia em estudo, v. 16, n. 1, p. 71-77, 2011.

GONÇALVES, Francisca Tatiana Dourado et al. Imagem corporal feminina e os efeitos sobre

a saúde mental: uma revisão bibliográfica sobre a intersecção entre gênero, raça e classe. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 39, p. e2194-e2194, 2020.

GONÇALVES, Vivianne Oliveira; MARTÍNEZ, Juan Parra. Imagem corporal de adolescentes: um estudo sobre as relações de gênero e influência da mídia. Comunicação & Informação, v. 17, n. 2, p. 139-154, 2014.

IWAMOTO, Thiago Camargo. Relações entre imagem corporal, dependência de exercícios

físicos e padrões de comportamentos observados durante a prática de musculação. 2014. 160

f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás,

Goiânia, 2014.

JACOB, Helena. Redes sociais, mulheres e corpo: um estudo da linguagem fitness na rede

social Instagram. Revista Communicare, v. 14, n. 1, p. 88-105, 2014. JUSTINO, Maraísa IC;

ENES, Carla Cristina; NUCCI, Luciana Bertoldi. Imagem corporal autopercebida e satisfação

corporal de adolescentes. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v. 20, n. 3, p. 715-

, 2020.

LAUS, Maria Fernanda. Influência do padrão de beleza veiculado pela mídia na satisfação

corporal e escolha alimentar de adultos. 2012. 121 f. Tese (Doutorado) - Curso de Psicologia,

Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013.

LEONIDAS, Carolina; SANTOS, Manoel Antônio dos. Redes sociais significativas de mulheres com transtornos alimentares. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 26, n. 3, p. 561- 571,

LEONIDAS, Carolina; SANTOS, Manoel Antônio dos. Relacionamentos afetivo- familiares

em mulheres com anorexia e bulimia. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 31, n. 2, p. 181-191,

LIRA, Ariana Galhardi et al. Uso de redes sociais, influência da mídia e insatisfação com a

imagem corporal de adolescentes brasileiras. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 66, n. 3, p.

-171, 2017.

MAGALHAES, Lilian Moreira et al. A influência de blogueiras fitness no consumo alimentar

da população. RBONE-Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, v.

, n. 68, p. 685-692, 2017.

MARTINS, Cilene Rebolho. Efetividade de uma intervenção educacional na imagem corporal de adolescentes. 2016. 214 f. Tese (Doutorado) - Curso de Educação Física, Universidade

Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

MESQUITA, Ana Cláudia et al. As redes sociais nos processos de trabalho em enfermagem:

revisão integrativa da literatura. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 51, 2017.

PALAZZO, V. L. (2016). O que é imagem corporal. Fonte: GATDA. REIS, Marcella Lima;

TOLENTINO, Kéttura. A influência da mídia sobre a mulher: padrão de beleza brasileiro.

ROCHA. Tatiane Mendes. “Padrão de beleza” e saúde mental da mulher. Psicologia acessível. 14 ago. 2018.

RODRIGUES, Daniela da Silva De Souza. A influência das mídias sociais na autoimagem da

mulher e suas relações no desenvolvimento dos transtornos alimentares. 2019.

SILVA, Ana Flavia de Sousa. Repercussões de uma rede social na percepção e satisfação

corporal e no comportamento alimentar de estudantes universitárias. 2018. 125 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Psicologia, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba,

STOLARSKI, Graciele et al. Blogueiros fitness no Instagram: o corpo e o merchandising

editorial de suplementos alimentares. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e

Inovação em Saúde, v. 12, n. 4, 2018.

ZERBINI, Aline Maria dos Santos Silva. A influência da propaganda sobre a imagem corporal

das mulheres brasileiras. 2016. 49 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Administração, Centro

Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo, 2016.

Downloads

Publicado

2021-11-03

Como Citar

Guimarães Theodoro, H., Fernandes, F. N. ., & Reis, E. J. B. dos. (2021). A NOVA GRANDE MÍDIA: UMA ANÁLISE SOBRE A INFLUÊNCIA DE BLOGUEIROS FITNESS!. BIOMOTRIZ, 15(1), 346-363. https://doi.org/10.33053/biomotriz.v15i1.552

Edição

Seção

Artigos