MUSICOGRAFIA BRAILLE NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DV

Autores

  • Maihara Pereira Franco de Andrade Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta, RS, Brasil
  • Carla Rosane da Silva Tavares Alves Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta, RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.33053/dialogus.v9i3.440

Palavras-chave:

Deficiência Visual. Educação Especial. Musicografia braille. Práticas Socioculturais.

Resumo

O presente texto tem como propósito destacar a diferença existente entre baixa visão e cegueira, para o que traz como objetivos: descrever a técnica da musicografia braille e ressaltar a importância da mesma, no desenvolvimento humano e sociocultural de pessoas com deficiência visual. A pesquisa proposta constitui-se como resultado de discussões e reflexões feitas sobre possiblidades de inclusão por meio da musicografia braille. Dessa forma, realizou-se uma pesquisa qualitativa pelo procedimento bibliográfico, tendo como aportes teóricos principais Minayo (1995) e Michel (2009).

Biografia do Autor

Maihara Pereira Franco de Andrade, Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta, RS, Brasil

Mestre em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social da Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ) – RS / Brasil.

Carla Rosane da Silva Tavares Alves, Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta, RS, Brasil

Doutora em Letras (UFRGS). Docente e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social da Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ) – RS / Brasil. Primeira Líder do GEPELC – Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Linguagens e Comunicação.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Andrade, M. P. F. de ., & Alves, C. R. da S. T. . (2020). MUSICOGRAFIA BRAILLE NO PROCESSO DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DV. DI@LOGUS, 9(3), 89-94. https://doi.org/10.33053/dialogus.v9i3.440

Edição

Seção

Artigos