FATORES DE DESMOTIVAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL, NA CIDADE DE CARNAIBA-PE

Autores

  • Leonardo Ferreira UFRPE
  • Fernando Henrique Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.33053/gedecon.v9i2.473

Palavras-chave:

Desmotivação. Motivação. Público. Funcionário.

Resumo

A pesquisa tem como objetivo geral, identificar quais são os fatores que causam a desmotivação dos funcionários públicos de uma escola municipal em Carnaíba-PE. Por meio da análise dos objetivos específicos elencados na pesquisa, tais como: verificar quais os fatores de desmotivação na visão dos funcionários públicos da escola; identificar se esses fatores afetam o comportamento dos funcionários; entender o impacto da desmotivação na produtividade dos funcionários da instituição. A pesquisa foi realizada no Complexo Educacional e Desportivo Governador Miguel Arraes, escola de ensino fundamental da cidade de Carnaíba-PE. Inaugurada em 2006 pelo prefeito José de Anchieta Gomes Patriota. O conteúdo que fundamenta esta pesquisa é o conceito de motivação, a desmotivação e serviço público brasileiro. O procedimento metodológico teve como base uma pesquisa exploratória quantitativa. Foi aplicado um questionário para coletar os dados sócios profissionais e as perguntas de escala de Likert sobre a desmotivação. As informações foram coletas entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, participando 21 funcionários (homens e mulheres) nos resultados A pesquisa encontrou uma variação nos fatores de desmotivação para os entrevistados. 

Referências

ANNIE Hondeghem, Myriam P. Pyramide Revue. La motivation des funcionaires du Ministère des Finances. https://pyramides.revues.org/510#tocto2n2. Acesso em 26 de dezembro 2020.

MACIEL, SÁ. Motivação no trabalho: uma aplicação do modelo dos dois fatores de Herzberg. Studia diversa, CCAE-UFPB, 2007.

MALIK, A. M. Gestão de Recursos Humanos. Volume 9. São Paulo: Fundação Petrópolis Ltda., 1988.

MAXIMIANO, Antônio César Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. São Paulo: Atlas, 2006.

PIRES, Macedo. C cultura organizacional em organizações públicas no Brasil, Rap, Rio de Janeiro, 2006.

PISANI, Elaine Maria, Psicologia geral. 5 ed. Porto Alegre: Vozes, 1985. 90 p.

RAMPAZZO, LINO. Metodologia cientifica: para os alunos do cueso de graduação e pós-graduação/Lino Rampazzo -- 7. ed. – São Paulo: Edicões Loyola 2013

ROBBINS, STEPHEN P. Administração. São Paulo: Saraiva, 2003. 132 p.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. 11. ed. Rio de Janeiro: Prentice

STEINBACH, Adenir. Auditoria Pública. Florianópolis : CEFET-SC, 2007.

VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de Pessoas. 10 ed.São Paulo: Atlas, 2011.

VROOM, Victor H. Word and motivation. New York: Jonh Wiley & Sons, 1964.

William et al. Determinantes da desmotivação no trabalho. Revista de Administração de Roraima-UFRR, Boa Vista, Vol 6. N.1, p.4-17, 2016.

Downloads

Publicado

2022-02-15

Como Citar

Ferreira, L., & Henrique Barbosa , F. . (2022). FATORES DE DESMOTIVAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL, NA CIDADE DE CARNAIBA-PE. Revista GEDECON - Gestão E Desenvolvimento Em Contexto, 9(2), 72 - 90. https://doi.org/10.33053/gedecon.v9i2.473

Edição

Seção

Artigos - Gestão ´Pública