RANGELIOSE CANINA

Autores

  • Cristian Neves dos Santos Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ, Cruz Alta, RS, Brasil
  • Ricardo Schrammel de Souza Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ, Cruz Alta, RS, Brasil
  • Henrique de Castro Franco Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ, Cruz Alta, RS, Brasil
  • Cristina Krauspenhar Rossato Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ, Cruz Alta, RS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.33053/revint.v9i1.643

Palavras-chave:

Patologia veterinária, Rangelia vitalii, Rangeliose, Lesões macroscópicas

Resumo

A Rangeliose canina é uma doença que acomete canídeos domésticos e selvagens que foi descrita pela primeira vez no início do século XX.  Popularmente chamado de “Nambyuvú” (Palavra Guarani que significa “orelha que sangra”, sendo este um dos sinais em animais acometidos pela doença), é causada pelo piroplasma Rangelia vitalii, pertencente ao Filo Apicomplexa, à Ordem Piroplasmorida e está geneticamente relacionado aos hemoprotozoários da Família Babesidae.  Este protozoário se caracteriza por infectar hemácias, leucócitos e células do endotélio vascular e se apresenta tipicamente como um distúrbio hemolítico. Apesar de possuir um tratamento eficaz, existe a necessidade de prevenção para que os animais não se infectem com este hemoparasita, o que é um pouco difícil pois o fator climático brasileiro fornece as condições ideais para o desenvolvimento dos vetores biológicos desses parasitas, que são os carrapatos Amblyomma aureolatum e Rhipicephalus sanguineus. O objetivo deste trabalho é facilitar o entendimento sobre essa doença que é muito importante do ponto de vista clínico e reunir informações a respeito dessa patologia de forma clara e sucinta, uma vez que ela esteve em esquecimento acadêmico por anos e ainda hoje é confundida com outras hemoparasitoses.

Referências

ANDRADE, Elusa Santos de; Infecções causadas por hematozoários em cães e gatos de ocorrência no brasil: semelhanças e particularidades. 2007. Disponível em: https://www.ufrgs.br/lacvet/site/wp-content/uploads/ 2013/ 05/ elusa.pdf. Acesso: 20 ago. 2021.

BUNCH, S.E.; METCALF, M.R.; CRANE, S.W.; CULLEN, J.M. Idiopathic pleural effusion and pulmonary thromboembolism in a dog with autoimmune hemolytic anemia. J. Am. Vet. Med. Assoc. v. 195, n. 12, p. 1748-1753.

DA SILVA, A. S.; et al. Canine rangeliosis: the need for differential diagnosis. Parasitology research, [s. l.], v. 112, n. 3, p. 1329–1332, 2013.

FIGUEIRA R.A. Rangeliose. Acta Scientiae Veterinariae, v. 35, p. 261-263, 2007.

FIGHERA, Rafael A.; et al. Patogênese e achados clínicos, hematológicos e anatomopatológicos da infecção por Rangelia vitalii em 35 cães (1985-2009). Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 30, 2010.

FRANÇA, R. T. Hemograma e mielograma de cães infectados experimentalmente com Rangelia vitalii. 2013. Programa De Pós-Graduação Em Medicina Veterinária. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.

FRANÇA, R. T.; et al. Canine rangeliosis due to Rangelia vitalii: From first report in Brazil in 1910 to current day. A review. Ticks and Tick-borne Diseases, [s.l.], v. 5, n. 5, p.466-474, 2014.

FRANÇA, R. T. Anticorpos em Eritrócitos e Plaquetas em Cães Naturalmente Infectados Por Rangelia vitalii. 2015. Programa De Pós-Graduação Em Medicina Veterinária, Universidade Federal De Santa Maria, Santa Maria, 2015.

FREDO, Gabriela. Rangeliose em Canídeos. 2016. Programa De Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, 2016.

FREDO, Gabriela.; et al. Rangeliosis: histopathological analysis, hematology and molecular detection of canine Rangelia vitalii in Rio Grande do Sul, Brazil. Ciência Rural, v. 47, n. 10, 2017.

LORETTI, Alexandre Paulino; BARROS, Severo Sales. Infecção por Rangelia vitalli (Nambiuvú, Peste de Sangue) em caninos: revisão. MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet., p. 128-144, 2004.

KLEIN, M.K.; DOW, S.W.; ROSYCHUK, R.A. Pulmonary thromboembolism associated with immune-mediated hemolytic anemia in dogs: Ten cases (1982-1987). J. Am. Vet. Med. Assoc. v. 195, n. 2, p. 246-250, 1989.

KRAUSPENHAR, Cristina; FIGHERA, Rafael Almeida; GRAÇA, Dominguita Lühers. Anemia hemolítica em cães associada a protozoários. Medvep, v. 1, n. 4, p. 273-281, 2003.

SOARES, J. F. História natural da rangeliose. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

Downloads

Publicado

2021-12-16

Como Citar

Neves dos Santos , C., Schrammel de Souza, R., de Castro Franco, H., & Krauspenhar Rossato, C. (2021). RANGELIOSE CANINA. REVISTA INTERDISCIPLINAR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 9(1), 219-228. https://doi.org/10.33053/revint.v9i1.643

Edição

Seção

Mostra de Iniciação Científica - Ciências Biológicas e da Saúde