ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO ATENDIMENTO AO PACIENTE COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

Autores

  • Sabrina Ferreira CENTRO UNIVERSITÁRIO RITTER DOS REIS - UNIRITTER
  • Jorge Pasa Centro Universitário Ritter dos Reis - UNIRITTER
  • Simone Lysakowski Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

DOI:

https://doi.org/10.33053/recs.v7i2.240

Resumo

O Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), mais conhecido popularmente como ataque do coração, é uma das doenças cardiovasculares que mais causa mortes, apresentando grande impacto na saúde pública. Assim, o objetivo deste estudo foi descrever a atuação do enfermeiro no atendimento do paciente com Infarto Agudo do Miocárdio nos serviços de urgência e emergência. Trata-se de uma revisão narrativa, na qual foi realizada a busca dos artigos nas bases de dados Scientific Electronic Library Online (Scielo), Centro-Latino-Americano de Informação e Ciências da Saúde (Bireme), Biblioteca Virtual da Saúde (BVS), entre o período de 2009 a 2019. Após a busca dos artigos, foi realizada a leitura e análise dos materiais. Para o atendimento dos pacientes acometidos pelo IAM nos serviços de urgência e emergência, é essencial que o enfermeiro tenha competência técnica e conhecimento para possibilitar o rápido e eficaz atendimento e tratamento, atendendo de forma precoce, buscando, assim, reduzir as complicações decorrentes do IAM. Dentre as principais atribuições realizadas pelo enfermeiro, os estudos trouxeram a realização do eletrocardiograma (ECG) em até 10 minutos após a chegada do paciente aos serviços de urgência e emergência, punção de acesso venoso periférico em veia de grosso calibre, monitorização, administração de oxigenioterapia, controle da dor e ansiedade, repouso no leito, coleta de exames laboratoriais, controle da glicemia capilar, diagnóstico rápido e início precoce do tratamento. Reforça-se a importância do assunto apresentado neste trabalho, não só para os pacientes que sofrem do IAM, como também para os enfermeiros, na realização da educação continuada e aperfeiçoamento na área para uma assistência de qualidade.

Biografia do Autor

Sabrina Ferreira, CENTRO UNIVERSITÁRIO RITTER DOS REIS - UNIRITTER

cidade de Porto Alegre, RS

Jorge Pasa, Centro Universitário Ritter dos Reis - UNIRITTER

CIDADE PORTO ALEGRE, RS

Simone Lysakowski, Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

CIDADE PORTO ALEGRE, RS

Referências

ALVES, T.E. et al. Atuação do Enfermeiro no atendimento Emergencial aos usuários acometidos de infarto agudo do miocárdio. Revista de Enfermagem UFPE online, v. 1, n. 7, p. 176-183, 2013.

BARBOSA, N. O. Perfil de internamento de pacientes com infarto agudo do miocárdio no estado de Sergipe, dentre os anos de 2014 a 2018. In: II Congresso internacional de enfermagem - cie/13° jornada de enfermagem da UNIT (JEU) – v.1, n.1, 2019.

BASSETTI, K. S. Abordagem de pacientes com infarto agudo do miocárdio em serviço de emergência. Revista Interdisciplinar do Pensamento Científico, v. 4, n. 2, 2018. Disponível em: http://reinpec.srvroot.com:8686/r einpec/index.php/reinpe c/article/view/444/167. Acesso em: 30 jan. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Prevenção clínica de doenças cardiovasculares, cerebrovasculares e renais. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

BRUNNER, L. S.; SUDDARTH, D. S.; CHEEVER, K. H. Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. v.1. 13. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

CAVEIÃO C. et al. Dor torácica: atuação do enfermeiro em um pronto atendimento de um hospital escola. RECOM – Revista de Enfermagem do Centro Oeste Mineiro, v. 1, n. 4, p. 921-928, 2014.

MAIER, G. S. O.; MARTINS, E. A. P. Assistência ao paciente com síndrome coronariana aguda segundo indicadores de qualidade. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 4, n. 69, p. 757-764, 2016.

MUSSI, F.C. et al. Fatores sociodemográficos e clínicos associados ao tempo de decisão para a procura de atendimento no infarto agudo do miocárdio. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 21, n. 6, p. 1248-1257, 2013.

PASSINHO, R.S. et al. Sinais, sintomas e complicações do infarto agudo do miocárdio. Revista de Enfermagem UFPE on line, v. 12, n. 1, supl. 1, p. 247-264, 2018.

PIEGAS, L.S. et al. V Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 105, n. 2, supl. 1, p. 1-121, 2015.

RIBEIRO, K. R. A.; SILVA, L. P.; LIMA, M. L. S. Conhecimento do Infarto agudo do miocárdio: implicações para assistência de enfermagem. Revista de Enfermagem da UFPE, v. 5, n. 4, p. 63-68, 2016.

SANTOS, F. et al. Avaliação da qualidade do atendimento ao paciente com síndrome coronariana aguda no serviço de emergência. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 17, n. 4, 2015.

SANTOS, M. N.; MEDEIROS, R. M.; SOARES, O. M. Emergência e cuidados críticos para enfermagem: conhecimento, habilidades e atitudes. Porto Alegre: Moria, 2018.

Downloads

Publicado

2020-09-28

Como Citar

Ferreira, S., Pasa, J. ., & Lysakowski, S. (2020). ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO ATENDIMENTO AO PACIENTE COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO. Revista Espaço Ciência & Saúde, 7(2), 35-41. https://doi.org/10.33053/recs.v7i2.240

Edição

Seção

Artigos de Revisão