PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: O OLHAR DE PESSOAS IDOSAS INSTITUCIONALIZADAS

Autores

  • Francine Radaelli Universidade do Vale do Taquari - Univates
  • Arlete Eli Kunz da Costa Universidade do Vale do Taquari - Univates
  • Luís Felipe Pissaia Universidade do Vale do Taquari - Univates

DOI:

https://doi.org/10.33053/recs.v10i1.719

Palavras-chave:

Envelhecimento, História de Vida, Instituição de Longa Permanência para Idosos, Pessoa idosa

Resumo

Com o aumento nas taxas de envelhecimento populacional, torna-se necessário pesquisar e discutir os aspectos relacionados com as suas vivências e necessidades perante a estadia nos espaços de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos. Assim, o objetivo desse estudo é identificar e compreender como a pessoa idosa enfrenta e lida com o processo de envelhecimento estando em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, tendo como participantes cinco pessoas idosas residentes em uma Instituição de Longa Permanência para idosos localizada no Vale do Taquari/RS. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista individual, tendo seus áudios gravados e analisados com aproximação na Análise de Conteúdo. A realização da pesquisa ocorreu por meio da aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Vale do Taquari – Univates. Os resultados demonstraram que algumas das pessoas entrevistadas que vivem na instituição pensam que ser idoso é difícil, em decorrência das suas limitações e algumas perdas que obtiveram ao adentrar nesta fase da vida. Já outras apontam que é bom ser uma pessoa idosa e encaram a vida conforme a sua subjetividade e gostam de conviver na instituição em que residem. Sendo assim, percebe-se que ocorrem algumas dificuldades de aceitação dos participantes em relação ao envelhecimento do organismo, contudo é evidente a qualidade de vida atrelada a vida na Instituição de Longa Permanência para Idosos.

Biografia do Autor

Francine Radaelli, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Psicóloga 

Arlete Eli Kunz da Costa, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Doutora em Ambiente e Desenvolvimento.

Luís Felipe Pissaia, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Mestre e Doutorando em Ensino

Especialista em Gestão em Auditoria em Serviços da Saúde

Especialista em Enfermagem do Trabalho

Referências

BARBOSA, Lara Melo. et al. Perfis de integração social entre idosos institucionalizados não

frágeis no município de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v.

, p. 2017-2030, 2020.

BARDIN, Laurence. A análise de conteúdo e a linguística. In: Laurence Bardin. Análise de

conteúdo. São Paulo: Edições 70, p. 49-50, 2016.

BRASIL. “Taxa de suicídio é maior em idosos com mais de 70 anos”. In: Ministério da Saúde. Disponível em:https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/29691-taxa-de-suicidio-e-

-maior-em-idosos-com-mais-de-70-anos. Acesso em: 03 mai. 2020.

BRASIL. Lei n.º 10.741, de 1º de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá

outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.741.

htm. Acesso em: 03 mai. 2020.

BRASIL. Portaria n.º 810, de 22 de setembro de 1989. Aprova normas e os padrões para

o funcionamento de casas de repouso, clínicas geriátricas e outras instituições destinadas ao

atendimento de idosos, a serem observados em todo o território nacional. Disponível em:

<http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/1989/prt0810_22_09_1989.html>. Acesso em:

mai. 2020.

BRITO, Maria Ivoneide Lima; KARNIKOWSKI, Margô Gomes Oliveira; OLIVEIRA, Zaíra

Nascimento. A educação superior no Brasil e o envelhecimento populacional: cenários e desa-

-fios. Revista Eixo, v. 10, n. 3, p. 72-83, 2021.

CORTELLETTI, Ivonne.; CASARA, Miriam Bonho; HERÉDIA, Vânia Beatriz Merlotti.

Idoso Asilado: um estudo gerontológico. Universidade de Caxias do Sul. Caxias do Sul,

DIOGO, Maria José D‘Elboux. A dinâmica dependência-autonomia em idosos submetidos à amputação de membros inferiores. Ver. Latino-am.enfermagem, Ribeirão Preto, v.5,

n.1, p. 59-64, janeiro 1997. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v5n1/v5n1a07.pdf.

Acesso em: 28 abr. 2020.

EIZIRIK, Cláudio Laks. A velhice. O ciclo da vida humana: uma perspectiva psicodinâmica. 2ª edição. Porto Alegre: Artmed, Cap. 16, p. 227-240, 2013.

FALCÃO, Deusivania Vieira Silva.; ARAÚJO, Ludgleydson Fernandes. Bem-estar subjetivo

de Idosos Residentes em Instituições de Longa Permanência. In: KHOURY, H. T. T. et al. Psicologia do envelhecimento. Campinas, SP: Ed. Alínea, 2011. 2ª edição. Cap. 6, p. 103-118.

FARIAS OLIVEIRA, Isabelle et al. Promoção de saúde, educação e qualidade de vida para

os residentes e cuidadores de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI): um

relato de experiência. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 6, p. 19665-19671, 2020.

GOLDENBERG, Mirian. A bela velhice. A bela velhice. 6ª edição. Rio de Janeiro: Record,

Cap. 1, p. 11-24, 2015.

GRÜN, Anselm. Aceitação de sua própria existência. A sublime arte de envelhecer. Petrópolis: Vozes, Cap. 2, p. 23-40, 2008.

GUELLI, Mariana Sandoval Terra Campos et al. Saúde mental em Instituições de Longa Permanência para Idosos no contexto da pandemia covid-19. Revista Brasileira de Ciências do

Envelhecimento Humano, v. 17, n. 2, 2020.

JUSTO, Ana Maria; SANTOS PETERLE, Thiago Santos. Quem cuida dos idosos? Narrativas

de cuidadores formais em ilpi. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, v. 25, n.

, 2020.

MICHAELIS DICIONÁRIO BRASILEIRO DA LÍNGUA PORTUGUESA. Significado do

envelhecimento. 2020. Editora Melhoramentos LTDA. Disponível em:<https://michaelis.uol.

com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/envelhecimento/>. Acesso em: 27 abr.

MUCIDA, Ângela. A escrita no corpo e seus destinos. Escrita de uma memória que não se

apaga - Envelhecimento e velhice. Belo Horizonte: Autêntica, Cap. 3, p. 71-84, 2009.

MUCIDA, Ângela. A velhice e o real. O Sujeito não envelhece – Psicanálise e velhice. 2ª

edição. Ver. – 3 Reimp. – Belo Horizonte: Editora Autêntica, Cap. 4, p. 127-177, 2018

OLIVEIRA, Larissa; GONÇALVES, Jonas Rodrigo. Depressão em idosos institucionalizados:

uma revisão de literatura. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, v. 3, n. 6, p. 110-122, 2020.

STROPARO, Telma Regina; EIDAM, Fabiele; CZAIKOVSKI, Maria Luiza. Custos em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI): significações e repercussões na qualidade de

vida dos idosos institucionalizados. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 47956-

, 2020.

Downloads

Publicado

2022-08-12

Como Citar

Radaelli, F. ., Costa, A. E. K. da ., & Pissaia, L. F. (2022). PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: O OLHAR DE PESSOAS IDOSAS INSTITUCIONALIZADAS. Revista Espaço Ciência & Saúde, 10(1), 139-152. https://doi.org/10.33053/recs.v10i1.719