O CUIDADO MULTIPROFISSIONAL E BIOPSICOSSOCIAL NO CONTEXTO DA SAÚDE DA MULHER COM ENDOMETRIOSE

Autores

  • Ana Karoline da Costa da Silva Faculdades Pequeno Príncipe
  • Stefhanye Christiane Vitorino dos Santos Faculdades Pequeno Príncipe
  • Keissy Jarek da Gama Faculdades Pequeno Príncipe
  • Débora Maria Vargas Makuch Faculdades Pequeno Príncipe
  • Eliana Coutinho Evers Faculdades Pequeno Príncipe
  • Karin Rosa Persegona Ogradowski Faculdades Pequeno Príncipe

DOI:

https://doi.org/10.33053/recs.v10i1.721

Palavras-chave:

Assistência Integral à Saúde da Mulher, Endometriose, Indução à ovulação, Menopausa

Resumo

Este estudo teve como objetivo desvelar o papel do profissional de saúde acerca do cuidado multiprofissional e psicossocial no contexto da saúde da mulher, associado ao planejamento familiar na endometriose, evidenciados pela literatura. Trata-se de um estudo conduzido pelo método da problematização fundamentada no Arco de Maguerez, articulado a revisão integrativa. Os artigos foram coletados na Base de Dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) com publicações entre 2015 a 2020. Foram selecionados 14 artigos no total nos idiomas português, inglês e espanhol, os quais foram representados no fluxograma de identificação e seleção dos artigos. Observou-se certa escassez de estudos relacionados ao tema proposto, sendo que a forma de atuação profissional, em demasiado, circunda o foco na doença. Dessa maneira, conclui-se a necessidade da assistência biopsicossocial.

 

Referências

BENTO, Paulo Alexandre de Souza São; MOREIRA, Martha Cristina Nunes. Quando os olhos

não veem o que as mulheres sentem: a dor nas narrativas de mulheres com endometriose. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 28, 2018.

DE LIMA, Shirlaine Bezerra; DA SILVA, Maria Roberta Bezerra. A ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM NO CUIDADO DE PACIENTES PORTADORAS DE ENDOMETRIOSE UMA REVISÃO DE LITERATURA. Revista Multidisciplinar do Sertão, v. 4, n. 1, p. 106-114, 2022.

GHERARDI-DONATO, Edilaine Cristina da Silva et al. Mindfulness: reflexão sobre limites e

potencialidades para a assistência de enfermagem. Revista de Enfermagem da UFSM, v. 9,

p. 52, 2019.

GONÇALVES, Jamila Souza; DÁZIO, Eliza Maria Rezende. Reflexões acerca da humanização

do processo de cuidar em enfermagem. Revista Evidência & Enfermagem, v. 6, p. 18-26,

HERDMAN, T. Heather et al. Diagnósticos de enfermagem da NANDA-I: definições e classificação 2018-2020. Porto Alegre: Artmed, 2018.

HUANG, Li et al. Acupuncture for patients with premature ovarian insufficiency: A systematic

review protocol. Medicine, v. 98, n. 18, 2019.

KIRSHENBAUM, Michal; ORVIETO, Raoul. Premature ovarian insufficiency (POI) and autoimmunity-an update appraisal. Journal of assisted reproduction and genetics, p. 1-9, 2019.

LARRAÍN, Demetrio et al. Manejo laparoscópico multidisciplinario de la endometriosis profunda del 2010 al 2017: estudio de cohorte retrospectivo. Medwave, v. 19, n. 11, 2019.

LEITE, Jéssyca Andrade et al. Efetividade dos princípios do Sistema Único de Saúde na atenção primária à saúde: revisão sistemática. Revista de APS, v. 21, n. 2, 2018.

LOTZ, Laura et al. Endometriosis in women undergoing ovarian tissue transplantation due to

premature menopause after gonadotoxic treatment or spontaneous premature ovarian failure.

Acta Obstetricia et Gynecologica Scandinavica, 2022.

MALDONADO, Christian Andre Roca et al. Amenorrea primaria, protocolo diagnóstico. RE

CIMUNDO: Revista Científica de la Investigación y el Conocimiento, v. 5, n. 1, p. 75-81, 2021.

MARINHO, Manuela CP et al. Quality of life in women with endometriosis: an integrative

review. Journal of Women’s Health, v. 27, n. 3, p. 399-408, 2018.

MENDES, Karina Dal Sasso; SILVEIRA, Renata Cristina de Campos Pereira; GALVÃO, Cristina Maria. Uso de gerenciador de referências bibliográficas en la selección de los estudios

primarios en revisión integrativa. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 28, p. 5 – 9, 2019.

MENEZES, Erica Lima Costa de; et al. Manners of producing care and universality of access

in primary health care. Saúde e Sociedade, v. 26, p. 888-903, 2017.

MUSTAFA, Mônica de Mendonça; DE SOUZA, Edna Paula P.; SENA, Alysson Bastos. Menopausa precoce no Brasil: uma revisão bibliográfica integrativa. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, v. 10, n. 14, 2021.

NICOLORO-SANTABARBARA, Jennifer M; et al. Psychological and emotional concomitants of infertility diagnosis in women with diminished ovarian reserve or anatomical cause of

infertility. Fertility and Sterility, v. 108, n. 1, p. 161-167, 2017.

OGRADOWSKI, Karin Rosa Persegona et al. Uso da metodologia da problematização e ensino

da bioética: aprendizagem ativa e significativa. In: RAULI, Patricia Maria Forte et al. (org.).

Bioética e metodologias ativas no ensino-aprendizagem. Curitiba: CRV, 2018. p.49-62.

PINELLI, Sara; et al. Estrogen treatment in infertile women with premature ovarian insufficiency in transitional phase: a retrospective analysis. Journal of assisted reproduction and

genetics, v. 35, n. 3, p. 475-482, 2018.

EES, Madeleine; KIEMLE, Gundi; SLADE, Pauline. Psychological variables and quality oflife in women with endometriosis. Journal of Psychosomatic Obstetrics & Gynecology, p.

-65, 2022.

QUINTERO, María Fernanda; VINACCIA, Stefano; QUICENO, Japcy Margarita. Endometriosis: Aspectos Psicologicos. Revista chilena de obstetricia y ginecología, v. 82, n. 4, p.

-452, 2017.

XAVIER, Laís de Barros; BEZERRA, Maria Luiza Rêgo. Assistência de enfermagem diante

dos agravantes causados pela endometriose. Research, Society and Development, v. 10, n. 15,

Downloads

Publicado

2022-08-12

Como Citar

da Costa da Silva, A. K., Christiane Vitorino dos Santos, S., Jarek da Gama, K. ., Maria Vargas Makuch, D. ., Coutinho Evers, E. ., & Rosa Persegona Ogradowski, K. . (2022). O CUIDADO MULTIPROFISSIONAL E BIOPSICOSSOCIAL NO CONTEXTO DA SAÚDE DA MULHER COM ENDOMETRIOSE. Revista Espaço Ciência & Saúde, 10(1), 180-190. https://doi.org/10.33053/recs.v10i1.721

Edição

Seção

Artigos de Revisão